Header Ads


Seleção VPC - Rodada #06

Saaaaalve, salve, Viciados por Cartola! Apresentaremos, aqui, o nosso quadro principal - o mais amado e esperado: a Seleção VPC. 2018 é ano de Copa do Mundo, e como uma genuína Seleção nós traremos a cada rodada o que tem de melhor no mercado, as melhores opções em cada posição que possam nos ajudar a obter sempre o melhor resultado, a maior pontuação, para conseguirmos alcançar o topo.

É mitada que fala, né? Cumprimos nossa missão, demos aula de futebol na última rodada, e satisfação é o sentimento que fica após nosso desempenho nessa quinta rodada. Conseguimos uma boa performance e boa parte graças as boas atuações de nossa zaga, com Geromel e Dedé, e, principalmente, de nosso Capitão Arrascaeta, que arrebentou a boca do balão e fez 23 pontos (46, com o dobro). Com isso, nossa Seleção chegou aos 120.26 pontos, pontuação que nos agradou bastante e que elevou a nossa média, que agora chega a 96.2 pontos. Agora o foco consiste em mantermos a regularidade, pois o nossa meta não é obter simplesmente bons resultados esporádicos, mas irmos bem a cada rodada, pois só o topo nos deixará satisfeitos, sermos melhores cada vez mais e, pensando nisso, vamos com tudo para essa sexta rodada. 

Vamos, nessa rodada, fazer a análise alocada pelos times dos convocados. Enfim, sem mais delongas, vamos ao time:

Danilo Fernandes (Internacional) - Para espantar a zica dos goleiros que ronda nossa Seleção, apostamos nessa rodada no paredão do Internacional. Acreditamos sim que o Inter possa sair de campo sem sofrer gols, visto que vem jogando bem em casa e que enfrenta a Chape, time que tecnicamente é bem limitado. No entanto, tendo em vista os erros que o time gaúcho ainda comete, acreditamos que a Chape consiga achar alguns espaços e, com isso, possa exigir de Danilo boas defesas. Nosso objetivo é trazer 11 pontinhos com a atuação do mito Danilo Fernandes.

Marcos Rocha / Diogo Barbosa (Palmeiras) - Os nossos laterais convocados para essa sexta rodada são ambos do Palmeiras, Marcos Rocha e Diogo Barbosa. O time paulista é grande favorito, pois enfrenta o instável Bahia em casa; o time baiano ainda não se encontrou no campeonato, vem alternando entre atuações boas e ruins, ineficiente no ataque e irregular na defesa. Por outro lado, o Palmeiras demonstra se encontrar em campo a cada partida e com a derrota para o rival na última rodada, o Verdão vai com tudo, pois precisa somar pontos no brasileiro. Portanto, esse confronto nos faz acreditar que o time paulista terá um bom desempenho, podendo sair de campo sem sofrer gols. É, então, nesse contexto, com a possibilidade da pontuação do saldo de gol, que Marcos Rocha e Diogo Barbosa surgem como bons nomes, já que aliam a esse scout (o saldo de gol) suas qualidades individuais. Marcos Rocha com seu grande ímpeto ofensivo que pode gerar assistências e até mesmo gols e, também, com suas inúmeras roubadas de bola, já possui 14 até aqui. E Diogo Barbosa, que também sobe bastante ao ataque e que também consegue ser um bom ladrão de bola. Com todos esses fatores a favor dos atletas, esperamos que ambos mitem e nos ajude.

Geromel (Grêmio) - Figurinha carimbada, Geromito é o homem de confiança do setor defensivo de nossa Seleção. Isso se deve ao contexto em que ele se insere: o time de Geromel, o Grêmio, vem em uma excelente fase, um time consistente que se impõe dentro e fora de casa e que simplesmente passa por cima dos adversários, demonstrando sempre um futebol equilibrado, sempre com o domínio do jogo, qualidade essa que deve ser ainda mais destacada nessa rodada, diante do considerado pior time do campeonato até aqui. Acreditamos que o time gaúcho não leve gols e que Geromel com o saldo de gols e suas roubadas de bola possa fazer uma boa pontuação.

Víctor Cuesta (Internacional) - Nosso segundo nome, o zagueiro Cuesta, é um velho e bom conhecido do nosso esquadrão - estava aqui na rodada #03, quando fez uma pontuação muito boa. Sua atual convocação está relacionada com a fraqueza de seu adversário, a necessidade de bom desempenho de seu time e aos scouts individuais que ele possui. O Internacional não vive um bom momento, cinco pontos somados em 15 disputados, desempenho que já liga o sinal de alerta e que põe no confronto dessa sexta rodada um caráter de muita importância, pois seu adversário é concorrente direto na parte intermediária/baixa da tabela. Dessa forma, esperamos que o time gaúcho vá com tudo para cima da Chape, e acreditamos que consiga sair com a vitória, visto que o time, apesar das derrotas, apresenta um potencial e tendo em vista que a Chapecoense não apresenta uma qualidade técnica/tática que assuste. Portanto, acreditamos que o inter saia sem sofrer gols, o que já traz cinco pontinhos importantes a Cuesta e, somado a isso, temos o grande scout dos defensores: as roubadas de bola. Cuesta é o principal ladrão de bolas até aqui entre os zagueiros, são 19 em cinco rodadas. Isso torna o nosso defensor um excelente nome para a rodada e por isso está confirmado em nossa Seleção.



Lucas Paquetá (C) (Flamengo) - Figura carimbada em nossa Seleção, Paquetá tem cadeira cativa por aqui e nessa rodada não será diferente. Ao nosso ver ele será titular no clássico, já que foi poupado na última rodada e, por se tratar de um clássico, é um jogo de suma importância. Independente do jogo o meia já é uma boa opção para cada rodada, pois possui ótimos scouts: já tem 15 roubadas de bola, em 4 rodadas; 2 gols e 1 assistência; 15 faltas sofridas; 7 finalizações, além de ser um dos homens da bola parada do time carioca, fato que aumenta as chances de gols e assistências. Ou seja, Paquetá, por si só, já consegue render uma boa pontuação com seus scouts, e sua presença em nossa seleção ganha preferência em decorrência do jogo, já que o Flamengo enfrenta o Vasco, que anda em uma crise sem fim, o Cruz Maltino levou três goleadas ultimamente, sendo eliminado da libertadores, perdendo na copa do brasil e perdendo o último jogo do brasileirão em casa. Ou seja, o Flamengo é franco favorito e Paquetá é o carro chefe desse time, assim, aliado aos seus ótimos scouts, Paquetá poderá fazer um ou mais gols e dar passes para gols, o que fará com que ele nos proporcione excelentes pontos.

Arrascaeta (Cruzeiro) - O mito permanece em nossa Seleção. Nessa rodada o contexto é diferente, pois trata-se de um clássico, contudo nossa confiança em Arrasca continua e isso é justificado pelos números. O uruguaio é um dos meias que mais finalizou até aqui, possui inúmeras faltas sofridas ao decorrer dos jogos, e um dos principais ladrões de bola, já são 13 roubadas de bola; ou seja, o meia possui inúmeros scouts positivos que trazem uma regularidade ao jogador e o coloca como principal pontuador a cada rodada. Nessa sexta rodada seu time estará diante de um clássico, e nós esperamos um jogo bem aberto onde haverá chances para ambas equipes. Esperamos que, aliado aos bons números, Arrascaeta também consiga deixar o seu golzinho, já que ele vem sendo o rei desse clássico mineiro e, dessa forma, acreditamos que ele possui boas chances de mitar mais uma vez.

Patrick (Internacional) - Mesmo com a instabilidade do time gaúcho, Patrick retorna à nossa seleção. Os motivos para sua escolha são os fatores individuais e o confronto da rodada. Patrick consegue ser bastante regular, pois possui inúmeras roubadas de bola a cada partida e além disso o meia vem jogando bastante ofensivo e costuma uma vez ou outra deixar o seu golzinho. Além disso, o Inter recebe a Chape nessa rodada, em um confronto direto pela parte de baixo da tabela e o time gaúcho sabe que só a vitória interessa. Acreditamos que o colorado consiga sair de campo com a vitória e vemos nos gols que produzirão esse bom resultado grandes chances de Patrick participar, seja com gol, seja com passe para gol e, além disso, como dito anteriormente, o meia ainda conta com boas roubadas de bola pro jogo, o que nos passa confiança de não ir mal na rodada e ao mesmo tempo esperança de uma mitada.

Keno / Borja (Palmeiras) - Como falado anteriormente, ao analisar a escolha de nossos laterais, acreditamos que o Palmeiras é o grande favorito diante do Bahia e que o time do treinador Roger Machado conseguirá sair com a vitória, pois precisa voltar a somar pontos após a derrota na última rodada. Dessa forma, com esse cenário, vemos na dupla de ataque do Palmeiras uma boa opção para a rodada já que terão pela frente o ainda instável time do Bahia, que jogando fora de casa ainda não somou pontos, foram dois jogos e duas derrotas, dois gols sofridos e nenhum gol marcado. Acreditamos que o Palmeiras possa fazer dois golzinhos e que Keno e Borja serão os responsáveis por comandar o setor ofensivo do time. Esperamos gols e assistências de ambos, além dos bons scouts que possuem, pois finalizam muito, sofrem bastante faltas e ainda conseguem uma roubada de bola aqui e acolá. 

Luan (Grêmio) - Outro jogador do tricolor gaúcho que permanece em nossa Seleção para mais uma rodada. O Grêmio enfrenta o Paraná que vem em um momento ruim e que, preferivelmente, possui um time bem distante, técnica e taticamente, do Grêmio (o Paraná é o time mais fraco do campeonato até aqui). Acreditamos que o time comandado por Renato conseguirá uma boa vitória e que Luan será o comandante. Além de gols e assistências, que já trazem bons pontos, o atacante ainda tem a seu favor excelentes scouts, com roubadas de bola, finalizações e faltas sofridas. Por isso, sem dúvidas, continuará em nossa Seleção nessa rodada.

Vagner Mancini (Vitória) - O orçamento do nosso time não permitiu que escalássemos Roger Machado, Renato Portaluppi ou Odair Hellmann. Com isso, escolhemos Vagner Mancini, do Vitória, para ficar na área técnica da Seleção VPC. O leão encara o Ceará em seus domínios e precisa somar pontos para deixar a zona de rebaixamento.


Formação: 4-3-3

Preço do time: C$ 166.28
Substituições: 

Sai: Pedro Geromel (Grêmio) e Arrascaeta (Cruzeiro)
Entra: Réver (Flamengo) e Serginho (América-MG)


Rendimento: clique aqui para acompanhar o desempenho da Seleção VPC no campeonato.

1ª rodada: 82.55 pontos
2ª Rodada: 126.48 pontos
3ª Rodada: 68.69 pontos
4ª Rodada: 83.26 pontos
5ª Rodada: 120.26 pontos

Um comentário: